0

Dia do Livro Infantil

Você sabia que os livros infantis têm um dia dedicado só para eles, aqui no Brasil? Isso mesmo, além de divertir, ensinar e fazer as crianças usarem a imaginação, ele tem uma data especial: o Dia Nacional do Livro Infantil, comemorado em 18 de abril.


Esse dia foi escolhido por ser o aniversário de Monteiro Lobato, considerado por muitos como o maior escritor infantil brasileiro. Foi ele quem inventou as histórias do “Sítio do Picapau Amarelo” e de personagens inesquecíveis como Emília, Narizinho, Pedrinho, Dona Benta, Visconde de Sabugosa, Cuca e muitos outros.

Essas histórias foram criadas há muito tempo, mas são adoradas pelas crianças até hoje. O primeiro livro com uma aventura no sítio, por exemplo, já tem 90 anos! Tanto sucesso fez as narrativas irem parar na televisão, em diferentes séries. A primeira começou a ser transmitida há quase 60 anos e a última versão terminou há menos de três anos.

Monteiro Lobato escreveu 26 livros infantis durante toda sua carreira e, se ainda estivesse vivo, completaria 128 anos em 2010.

Por toda a importância que o escritor teve, além da homenagem no Dia Nacional do Livro Infantil, Monteiro Lobato virou nome de uma cidade onde ele morou, no interior de São Paulo. Em Taubaté, a casa em que ele nasceu foi transformada no Museu Monteiro Lobato. Sabe onde fica? Dentro do Sítio do Picapau Amarelo, na avenida Monteiro Lobato.










O dia do livro infantil é uma homenagem ao aniversário de Monteiro Lobato. Como você pode explicar a importância do autor na literatura brasileira?
Advogado, cronista, escritor, tradutor, editor e empresário foi como autor de livros dedicados ao púbico mirim que Monteiro Lobato teve seu maior reconhecimento. Considerado o pai da literatura infantil no Brasil, graças a ele milhares de jovens tomaram gosto pela leitura através de seus livros infantis publicados entre 1920 e 1947.








 " Um país se faz com homens e livros"
                   Monteiro Lobato



0 comentários:

Postar um comentário

"Só desperta paixão em ensinar, quem tem paixão em aprender !!!" Paulo Freire